América Central

NICARÁGUA

Imagem

A Nicarágua, dos maiores países da América Central, está  limitado ao norte pelo Golfo de Fonseca (através do qual faz fronteira com El Salvador), Honduras, a leste pelo Mar das Caraíbas, através do qual faz fronteira com o território colombiano de San Andrés e Providencia, a sul com a Costa Rica e a oeste com o Oceano Pacífico. A capital, Manágua, possui mais de 1,5 milhão de pessoas; possui uma topografia plana e bastante extensa, diferente de San Salvador, que possui um planalto interno e uma região bastante montanhosa e vulcânica em sua cercania.

Começamos a incursão pela cidade de Granada, a 45 km de Manágua. Fizemos o inverso, para percebermos os ex-votos na igreja e santuário de Guadalupe. E lá vimos os milagritos, documentados no retábulo do altar mor da igreja que foi fundada no século XVII.

Milagritos em Granada

Os milagritos, encontrados não somente na igreja de Guadalupe, mas também em Mercedes e na Catedral, foram documentados no altar mor de Guadalupe, dentro de dois quadros (caixa) com tampo de vidro, que ladeiam a imagem pictórica de N. Sra. De Guadalupe. São imagens que variam entre membros humanos, corpo humano, coração, olhos, casa, carro etc., feitos em ouro e prata.

Imagem
Imagem

Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

Milagritos na Catedral de Granada

Não foi muito fácil. Como de tradição, não há sala de milagres. E na catedral de Granada, muito menos. Encontramos os ex-votos, os milagritos, no alto, numa das mãos de São Judas Tadeu; ou embaixo, no pano que cobre um Senhor Morto, em um nicho. Os milagritos são colocados por funcionários a pedido dos fiéis. Os exemplos abaixo apresentam formas de casa, corpo inteiro ou partes do corpo em recorte,  alumínio e prata. 

Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

Placa ao Niño de Praga, na Catedral de Granada

A redoma do Niño de Praga

A redoma do Menino de Praga fica à entrada, parte inferior, da catedral metropolitana de Manágua. Nela, além de bela imagem vestida do Menino Jesus, estão os variados ex-votos: óculos, milagritos, bonequinhos de crianças, cartas e bilhetes, braceletes, roupas e sapatinhos de recém nascidos.

Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

Milagritos da igreja de São Domingos

São muitos os milagritos deixados por pagadores de promessas na igreja de São Domingos, em Manágua. No dia da incursão, eles já estavam em um recipiente, para serem descartados. Ficam por algum tempo nas redomas das imagens da igreja. Depois são retirados e colocados em recipiente único, para o descartes. Documentamos olhos, figuras masculinas e femininas, casas e carros. Todos em latão.

Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

EL SALVADOR

Imagem
Igreja de São Domingos

El Salvador, ou apenas Salvador, é um pequeno país da América Central, limitado a norte e a leste pelas Honduras, a leste pelo Golfo de Fonseca, a sul pelo Oceano Pacífico e a oeste pela Guatemala. Passou, entre as décadas de 1970 e 1980, por conflitos internos de guerra civil, até se estabilizar nos anos 1990. 

Vimos, em San Salvador e San Miguel, cidades ainda empobrecidas, mas com sinais de crescimentos urbanos. Visualmente, percebemos cidades que estão, numa comparação, entre Guatemala e Honduras. Ou seja, entre organização e desorganização, seja do ponto de vista urbano – em suas vias, ruas, casarios, patrimônio histórico –, seja do ponto de vista social, quando convivemos em poucos dias com feirantes, transeuntes, vendedores fixos etc, entre a desorganização e organização.


Vimos insegurança pessoal nas ruas em determinados horários. Nada de mais para nós brasileiros, que enfrentamos a violência e os assaltos diários em todas as cidades. Em San Salvador não vimos cenas de violência. Mas é comum, como em Honduras e Guatemala, vermos seguranças de lojas e restaurantes portando as suas escopetas em frente aos estabelecimentos.

Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

Domingo pela manhã do dia 16 de fevereiro nos dirigimos à basílica. Na verdade trata-se da igreja do sagrado Coração de Jesus, bem próxima à igreja de São Francisco e da Catedral de San Salvador. De estilo neogótico, sóbria, a igreja traz em vários dos seus cantos internos a tradicionais placas ex-votivas, com um destaque também tradicional: no nicho de São Judas Tadeu a aglomeração é tamanha. São centenas delas, de tamanhos, cores e materiais diferenciados, o que nos leva à lembrança dos santuários de São Judas Tadeu na cidade do Rio de Janeiro. Assuntos diversos, agradecimentos com linguagem sintética, bem curta, clara e fácil de compreensão. Algumas com apenas o “agradecimento”. E no meio das centenas, alguns pedidos.

Igreja do Sagrado Coração de Jesus

Os ex-votos da Igreja do Sagrado Coração de Jesus

Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

GUATEMALA

Imagem
Igreja de San Domingos, Guatemala

A Guatemala é outro país que se aproxima muito do México e Brasil, em termos de catolicismo, traz a tradição ex-votiva, na cidade da Guatemala, com as placas ex-votivas, muito similares às encontradas em São Judas Tadeu, no Rio de Janeiro, no Bom Jesus, em Curitiba, e na Penha do Espírito Santo, e também em Honduras. Por sinal, essa tradição é o marco da comunicação ex-votiva. São placas de todas as formas, do plástico ao ouro, em todas a igrejas e santuários se encontra, em diferenciada quantidade, as placas. Isso nos serve para  uma análise comparativa das formas com salas de milagres do porte de Bom Jesus, em Curitiba, e São Judas Tadeu, no Rio de Janeiro. Ambientes que se proliferam as placas ex-votivas.

 A Catedral de Santiago; a igreja de Guadalupe, das Mercês; de San José; Santa Clara, San Domingos e San Francisco, trazem a marcante tipologia encontrada na cidade da Guatemala e em Antigua: os ex-votos em forma de placas. Variadas placas que retratam mensagens curtas, simples, em inscrições que vão do relevo baixo à impressão em placas douradas. Algumas, ainda em pedido, não sendo, portanto, ex-votos; outras, dizendo apenas da gratidão pela melhora na economia dos negócios, na saúde da família ou na aprovação em algum emprego. Interessante notar, também, que não há salas de milagres, mas murais, altares e locais avulsos que servem para a colocação das placas ex-votivas.
Outra questão a ser trazida aqui é com relação à padroeira da Guatemala, Nossa Senhora do Rosário. A sua imagem não possui um templo próprio. Ela está na igreja de São Domingo, na capital guatemalteca.

Placas ex-votivas na Guatemala

Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

San Judas Tadeo ruega por mi y por todos los que piden tu proteccion.
Recuerdo de Marvyn Conrrado Aj Tobar
Rabinal B.V. 

TRADUÇÃO: São Judas Tadeu roga por mim e por todos os que pedem sua proteção.
Lembrança de Marvyn Conrrado Aj Tobar
Rabinal B.V.

Quadro ex-votivo documentado no Santuário de Nossa Senhora das Mercês, Guatemala. Quadro ex-votivo pictórico; moldura em madeira;  imagem pictórica  representando a imagem de um Santuário de cor amarela e teto na cor marrom, acompanhado por imagem celestial nos tons azul e branco.

Imagem

Gratitud a San Judas Tadeo por su intersecion ante nuestro padre y todas las bendiciones de trabajo recibidas
30 junio 2012 K.J.P.P.

TRADUÇÃO: Gratidão a São Judas Tadeu por sua intercessão diante de nosso pai e todas as bendições de trabalho recebidas
30 junho 2012 K.J.P.P.

Placa ex-votiva documentada no Santuário de Nossa Senhora das Mercês, Guatemala. Placa em tonalidade creme, com letras impressas em tonalidade preta e imagem gráfica de São Judas Tadeu na margem direita  com contornos também na tonalidade preta.

Imagem

N gratitud por los milagros recibidos
gracias San Judas Tadeo
J.O.L.S.  

TRADUÇÃO: N gratidão pelos milagres recebidos
Grato São Judas Tadeu
J.O.L.S 

Ex-voto documentado no Santuário de Nossa Senhora das Mercês, Guatemala. Ex-voto em formato de coração  em cor vermelha e letras impressas em tonalidade preta;  material não identificado, apresentando necessidade de restauração na parte superior direita. P

Imagem

 



Placa ex-votiva. SantuárioSan Antonio de Padua os doy gracias por vuestra intercesion em favores recibidos de Dios.
Rafael Rosales.
3 de mayo de 1916

Correção Gramatical: intersección ao invés de intercesion. 

Placa ex-votiva documentada no Santuário de Nossa Senhora das Mercês, Guatemala. Placa em mármore emoldurada por friso liso côncavo e convexo com letras impressas em tonalidade preta.

Imagem

Gratitud a la Virgen del Sagrado Corazon por el milagro concedido a mis hijos: Carlos y Mayra/Castellon Duarte/29 de enero 1989 

Correção gramatical: Corazón ao invés de corazon.

TRADUÇÃO: Gratidão à Virgen do Sagrado Coração pelo milagre concedido a meus filhos: Carlos e Mayra/Castellon Duarte/29 de janeiro 1989

Placa ex-votiva documentada no Santuário de Nossa Senhora dos Remédios, Guatemala. Placa de mármore com letras impressas de tonalidade dourada e fotografias com dimensão aparente de 3×4 em preto e branco, sendo que à direita encontra-se uma fotografia masculina e à esquerda uma fotografia feminina. 

Imagem

Gratitudes a:  San Judas Tadeo
Por favores concedidos
Familia Recinos
Guatemala 30 de julio, 2011

TRADUÇÃO: Gratidão a: São Judas Tadeu/Por favores concedidos/Família Recinos/Guatemala 30 de julho, 2011.

Placa ex-votiva documentada na Igreja de Nossa Senhora das Mercês, Guatemala. Placa em madeira com letras impressas em tonalidade marrom,  apresentando elementos fitomorfos  em tonalidade marrom. ​

Imagem

Profundamente agradecidos
Por milagros concedidos en julio 1-2004 y marzo 6-2012.
Familia Osorio Alvarizaes 

TRADUÇÃO: Profundamente agradecidos/Pelos milagres concedidos em julho 1-2004 e março 6-2012. /Familia Osorio Alvarizaes. 

Placa ex-votiva documentada na Catedral de Nossa senhora do Socorro, Guatemala. Placa de tonalidade dourada e letras impressas em tonalidade preta. 

Imagem

Gratitud a Jesus Nazareno justo juez de la iglesia de catedral por el favor recibido 
Gratitud señor por haberme concedido
Lo que te he pedido
Aura Marina Pernillo
Y esposo
Luis Arnoldo Giron Salazar
Guatemala 5 de mayo 1993

TRADUÇÃO: Gratidão a Jesus Nazareno justo juiz da igreja de catedral pelo favor recebido/Gratidão Senhor por  haver-me concedido/O que te pedi/Aura Marina Pernillo/E esposo/Luis Arnoldo Giron Salazar/Guatemala 5 de maio 1993.

Placa ex-votiva documentada na Catedral de Nossa Senhora do Socorro, Guatemala. Placa de tonalidade vermelha, com manchas escuras nas bordas e letras impressas de tonalidade branca. 

Imagem

Para la Virgen María con cariño.

TRADUÇÃO: Para a Virgem Maria com carinho.

Embrulho documentado na Igreja de São Francisco, Guatemala. Embrulho branco, com detalhes vermelhos retratando a marca de uma operadora de telefonia móvel, com letras manuscritas  em caneta de tonalidade azul, dedicadas à Nossa Senhora.

Imagem

A Nuestra Señora del sagrado corazon muchas gracias por habernos dado la felicidad que tanto anhelabamos / Martina y Luis / Guatemala 29 del 10 de 1989

TRADUÇÃO: A Nossa senhora do Sagrado Coração
Muitas Graças por haver nos dado a felicidade que tanto ansiamos.
Martina e Luis
Guatemala 29 do 10 de 1989.

Placa ex-votiva documentada na Igreja de Nossa Senhora dos Remédios, Guatemala. Placa de tonalidade azul escura e letras impressas em tom dourado.


Imagem

Gratitud a San Antonio
V.B. y E.B.
Enero 14 de 1932

TRADUÇÃO: Gratidão a Santo Antonio
 V. B. y E.B. 
Janeiro 14 de 1932.

Placa ex-votiva documentada na Igreja de Nossa Senhora das Mercês, Guatemala. Placa em mármore  e letras impressas em baixo relevo. 

Imagem

Recuerdo de  gratitud
Nuestra Senõra de Chiquinquirá
D. G. de Larrave

TRADUÇÂO: Recordação de gratidão
Nossa Senhora de Chiquinquirá
D.G. de Larrave.

Placa ex-votiva documentada na Igreja de Nossa Senhora das Mercês, Guatemala. Placa em formato oval e letras impressas em baixo relevo aderida à parede.


A igreja de São Domingos

Imagem

Igreja de São Domingos

Localizada também no centro da cidade da Guatemala, a igreja de São Domingos, construída no século XVI, guarda a padroeira do País, Nossa Senhora do Rosário. O templo, de grandes dimensões, com três naves, traz em seus nichos laterais ex-votos em forma de placas, de dimensões pequenas, em murais, ou coladas na parede, ou até mesmo incrustadas em cimento. Essas são as de mármore ou granito, que possui já um bom tempo. As demais, pequenas, nos murais ou nos entornos das imagens, são de plástico, latão, ferro ou cobre. 
A placas ex-votivas trazem o agradecimento, em duas ou três linhas no máxima, que expressão a gratidão no coletivo (a família) ou simplesmente de forma individual.
Foram documentados também dois ex-votos pictóricos do século XVIII. Um, de grandes dimensões, retratando dominicanos mortos diante de uma guarda, dentro da igreja, colocado ao alto de um dos nichos laterais, em forma retangular, com a verbete ao seu pé. Outro, um tondo, que traz somente o discurso, sem qualquer imagem.
Outro objeto marcante na igreja, são as placas in memoriam. Para um pesquisador atento vale o alerta para a distinção dessas placas, das alminhas e dos ex-votos.

Os ex-votos da igreja de São Domingos

Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Pagando promessa. Orando ao Cristo no calvário.

A catedral basílica da Guatemala

Imagem

Localizada bem ao centro da cidade, a Catedral foi erguida em 1534, na época do Papa Paul III. Trata-se de um majestoso edifício que conflui o clássico e o barroco, com grandes dimensões que se apodera de três ruas e a praça frontal. são três naves, sendo a da esquerda com capela destinada a Nossa Senhora do Socorro. E a da direita legada ao Cristo no Calvário. É nesta nave, ao fundo, que documentamos os ex-votos, na mais tradicional forma guatemalteca: a placas ex-votivas, colocadas em um mural, fixadas de diversas formas e com tamanhos diferenciados, não muito grandes, com linguagem sintética, cujo enunciado, em sua grande maioria traz as palavras “gratitud” e “agradecimiento”. Mas é interessante notar que a catedral leva o nome de Cadedral Basílica de Santiago, e não de Nossa Senhora do Socorro. Em uma das suas dependência está o seu museu de arte sacra católica, não muito grande, mas que traz ricos exemplos da liturgia, imaginária e paramentos.

Os ex-votos da catedral da Guatemala

Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

Capela do Cristo na nave direita. Local dos ex-votos.



Santuário de Guadalupe na Guatemala

Imagem

O Santuário de Guadalupe está localizado entre Primeira Avenida e oitava rua na Zona 1, bem no centro da Cidade da Guatemala, a cerca de 300 metros da catedral basílica. Possui um estilo bastante eclético em sua fachada, e traz apenas uma nave. Parcialmente interditada para obras de restauração internas, a igreja apresenta traços da fé popular logo em sua entrada, com os velários e, à esquerda, um pequeno mural que apresenta as pequenas placas ex-votivas. No dia da documentação, haviam somente nove placas. Todas de plástico, com fundo dourado e letras pretas numa mesma estética. A simpatia na reverência à Nossa Senhora de Guadalupe é o que destaca, quando as pessoas dão graças à “Virgencita”, “Morenita”, “Madrecita”, no louvor ao que foi alcançado. Também com síntese, clareza e de foma generalizadora, sem especificar o acontecido, mas com detalhe para aquele dia de pesquisa, todas as placas ex-votivas foram de uma só pessoa: Carlos Ovalle, de janeiro a setembro de 2013.

Os ex-votos do santuário de Guadalupe da Guatemala

Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

HONDURAS

Imagem


Em 27 de agosto de 2013, deu-se início à rota tão esperada do Projeto, principalmente pelo destaque que tem o santuário de Suyapa, em Tegucigalpa, Honduras.
Santuário que possui uma basílica pomposa, monumental, mas que não traz o rastro dos ex-votos. Não possui sala de milagres nem museu. Tem no seu destaque a grandiosidade da igreja.
Hoje, início das pesquisas em Honduras, foram documentados ex-votos na igreja de São Miguel, que fica no centro de Tegucigalpa, capital de Honduras, maior cidade do país que vem sofrendo em crises políticas, econômicas e sociais.

Igreja antiga de Suyap

Imagem

A igreja antiga, situado aos fundos da basílica (igreja nova) possui dimensão bem menor. O início da sua construção, atestado em uma placa, é de 1747. A igreja, em tons amarelos e brancos, com estilo bastante diferenciado, traz um certo ecletismo que não esconde da estética de muitas igrejas mexicanas, e acompanha os mesmo traçados das igrejas locais, a exemplo de Santa Lucia, Santo Angeles.
A igreja possui duas torres sineiras, uma entrada principal, velário, uma nave e dois corredores. Igreja simples, mas que em sua frente traz a imagem de um povo carente, de trabalhadores que vendem souvenires. Há pedintes de todas as idades, inclusive crianças de 6 anos.

Imagem

Ex-votos em Honduras

A expectativa por muitos ex-votos no santuário de Suyapa foi grande. Mas frustrante. Não há sala de milagres, seja na nova, seja na velha igreja. Segundo os funcionários do santuário, os ex-votos são distribuídos a igrejas da região, principalmente à catedral central, que fica no centro de Tegucigalpa. Os ex-votos são colocados no altar mor da basílica nova, principalmente durante as festas principais. Após os festejos, são conduzidos a outras igrejas. Frustra turistas e pesquisadores, mas fica como resultantes e argumentos comparativos que envolvem desobrigas, ambientes de ex-votos e peregrinações. Fatores que nos levam a pensar que, diante de México e Costa Rica, por exemplo, os testemunhos ex-votivos em Honduras, ou pelo menos na região de Tegucigalpa, são bem diminutos, e os testemunhos ex-votivos encontrados foram mais evidentes, embora em número pequeno, em Santa Lucia e na catedral de São Miguel.

Duas igrejas e alguns ex-votos

A primeira igreja que sinaliza para os ex-votos é a de São Miguel, que é a catedral de Tegucigalpa, localizada no centro da cidade. Portentosa, e com retábulos folheados a ouro, a igreja traz, em um dos seus corredores, um altar com um poster de Nossa Senhora do Sagrado Coração, onde, ao chão, muitas folhes de plástico e um balão de parabéns, e à parede direita, num nincho fechado, alguns bons exemplares dos ex-votos, onde o destaque está para os milagritos, que confirma a tradição centro americana. Já a igreja de Santa Lucia, a 20 km de Tegucigalpa, traz na sua própria nave, ​

San Miguel

É a catedral matriz de Tegucigalpa. A paróquia de São Miguel Arcanjo foi fundada em 1763, enquanto a catedral foi iniciado entre 1765-1786 pelo padre Joseph Simon e Midence Zelaya. O prédio tem cerca de 60 metros de comprimento, 11 de largura e 18 de altura, tem uma nave abobadada e a cúpula atinge 30 metros de altura, o estilo arquitetônico é barroco. Os ex-votos foram documentados em um dos seus corredores, onde se pode encontrar dois genuflexórios, um gradil de madeira resguardando a imagem, em tela colorida, de Nossa Senhora do Sagrado Coração. Ao lado, num nincho uma pequena tipologia ex-votiva.

Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem